O trabalho com os  Grupos de Discipulado  exige uma  organização e metodologia que são fundametais para seu desenvolvimento.

 

 

Kurt Lewin(1939-1946), iniciou um estudo sobre dinâmicas de Grupo. Segundo ele, o estudo do pequeno grupo ajudaria a entender o macrogrupo. Queremos muitas vezes entender por que na maioria de nossas igrejas muitos membros não conseguem ganhar uma vida para Jesus, ou queremos entender por que as pessoas entram pela porta da frente de nossas igrejas e saem pelas portas do fundo.  Queremos endenter o macro sem levar em contra o micro. Não podemos nos esquecer, que nossas igrejas são compostas por pessoas, sendo assim, é um grupo onde as relações  passam pelo campo psicossocial. Neste campo encontramos: afetos, a subjetivação da fé, comportamentos, interação, integração, culturas, tradições etc. Essas forças psicológicas e socias que existem nos grupos faz com que aja: coesão, coerção,atração, rejeição,resistência a mudança, interdenpendencia, etc. 

 

Os grupos pequenos possibilitam compreender esses entre tantos outros valores presentes em nossas igrejas e a lidar com eles de forma pragmática e eficaz. 

Na sua pesquisa sobre a Dînâmica de Grupos Kurt(1939-1946) propõe algumas formas de se entender o comportamento grupal:

1. Natureza dos grupos

Cabe aqui algumas perguntas:

Qual a importância do grupo de discipulado para minha igreja?

Quais objetivos esperamos alcançar?

Para que existem os grupos de discipulado?

Conhecer a natureza dos grupos é fundamental para sua sobrevivência. John Wesey ao criar as sociedades ele pensou no que ela poderia representar para  a sobrevivencia do movimento metodista. As sociedades era o micro o movimento metodista era o macro.

 E o que dizer de Jesus que ao chamar um grupo pequeno doze, ele pensou na melhor maneira de atingir o macro, a multidão. Por mais que nosso Senhor Jesus tivesse todo o poder para ganhar uma multidão, como de fato o fez em seu ministério, mas o pastoreio do macro ficaria comprometido.   Os pastores ao implantar a visão do discipulado em suas igrejas devem ter o cuidado de não criar por criar mas criar com uma finalidade, conhecendo a sua natureza.

2. Seu funcionamento.

Uma vez criando os grupos de discipulado, é  necessário cuidar do seu funcionamento. A razão  pela qual muitas igrejas iniciam o processo de discipulado e não vão adiante está no descuido com o seu funcionamento.  Todo criador  se alegra em ver o bom funcionamento de sua criação.  Não se pode criar os grupos de  discipulado e deixar que eles funcionem por si só. O pastor que não se preocupa com o funcionamento do seu grupo de discipulado é como um motorista que não se interessa em conhecer o fucionamento de seu carro. Ou seja, ele sabe que o carro anda, mas não sabe usá-lo de maneira mais econômica, produtiva e com menos gasto.

3.Relação indivíduo- grupo

Como as pessoas se relacionam no grupo? O que o grupo está influenciando na vida das pessoas? Como as pessoas estão se comportando  a  partir da experiência com os grupos de discipulado. Aqui vale lembrar o principio do discipulado como estilo de vida.

4. Relação Grupo Sociedade

Podemos ver as implicações que os grupos de discipulado tem na vida e missão da igreja. Como os membros se envolvem para mudar a sociedade a partir das experiencias vividas nos grupos de discipulado. Isso faz com que os nossos grupos não se reduz apenas a uma rotina, a mais uma reunião da igreja.

Concluindo 

Conforme os estudos de Kurt, os grupos  influenciam na dinâmica da coletividade. Os grupos de discipulado podem moldar, modificar, impulsinar e dar uma nova dinâmica nas ações missinárias de nossas igrejas.

 

 Sugestão para a dinâmica de grupos pequenos.

DINÂMICA DOS GRUPOS

• 1.BOAS VINDAS
• 2.QUEBRA GELO
• 3.LOUVOR/ ADORAÇÃO
• 4. ESTUDO
• 5.MINISTRAÇÃO DA ORAÇÃO
• 6.MINISTRAÇÃO DA VISÃO

 Texto escrito por: Rev. Flávio J.F - Pastor da Igreja Metodista no Distrito de Barra Mansa- RJ

A Dinâmica de Grupos e os Grupos Pequenos

Siga-nos nas Redes Sociais

Visitantes online

Nós temos 6 visitantes online

Newsletter Receba nossas novidades

sua opinião

Você acha que o brasil está melhor para se viver?
 

123123